Arquivo da tag: receita

Receita do Dia! (ou melhor, do fim de semana retrasado!)

Pizza Cupcake! Oh yeahhhh!

Tudo começou com essa imagem vista no 9gag.

Então, resolvemos fazer, obviamente. O que poderia ser melhor do que pizza em formato de cupcake?  Eu fiz a massa usando essa receita:

500g de farinha de trigo

250ml de água

1 colher de sopa de óleo ou azeite

1 colher de sopa de açúcar

10g de fermento biológico

1 colher de chá de sal

O que eu fiz foi seguir as instruções do fermento, misturar tudo, sovar até ficar umas massa macia e elástica e deixar crescendo até dobrar (ou mais) de tamanho.  E funcionou simples assim!

Para os recheios, escolhemos fazer portuguesa, calabresa e basca. E ficou tudo uma delícia! Foto da preparação:

Nham! Tudo foi coberto com muito queijo!

E uma foto de tudo pronto:

Sério, ficou muito bom! Com aquela receita deram 18 cupcakes, o que satisfez completamente 4 pessoas. Ficou muito bom! Claro que é mais trabalhoso do que esticar a massa e fazer um formato normal. Mas ficou bem prático de comer dessa forma.

Créditos ao César por ter me ensinado a fazer a massa, ao Johan e a Gisa por ajudar a picar, fritar, preparar os ingredientes, e ceder a sua humilde residência para o evento!

Qual vai ser a próxima aventura culinária? 😄

2 Comentários

Arquivado em Receitas

Bolinho de Banana com Canela

Tenho um site inspirador de culinária. Na verdade não é só um, mas é o que eu mais tenho visitado nos últimos meses. É o Technicolor Kitchen. Tem uma receita melhor que a outra, tanto que eu fiz uma pastinha nos meus favoritos com as receitas que quero fazer e as já testadas.

Pois bem, a receita que vou colocar aqui é desse site, com alguma modificações. (Sempre existem modificações, afinal eu sempre penso “isso é realmente necessário?” ou “eu não vou encontar isso em lugar nenhum, então vai esse outro mesmo!”)

Bolinhos de Banana com Canela

140g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

120g de açúcar

1 ovo

260g de farinha de trigo

1 colher (chá) de fermento em pó

1 pitada de sal

¾ de xícara de leite

1 colher de sopa de suco de limão

1 colher (sopa) de canela em pó

2 bananas em rodelas

manteiga sem sal derretida, para pincelar

Para fazer, é melhor começar pelo tal de buttermilk. Eu me considero uma boa cozinheira, mas de vez em quando não conheço certas coisas que parecem muito básicas. Mas vamos lá. Para fazer o buttermilk é só misturar o leite (que precisa ser integral, detalhe!) com o suco do limão e deixar queitinho sorando por uns 10 minutos, praticamente o tempo que você for levar fazendo a massa. A massa começa batendo o açúcar e a manteiga até ficar um creme claro e fofo. Junta o ovo e bate de novo. Depois junta a farinha, a canela, o fermento e o buttermilk caseiro e misturar tudo até ficar bem homogêneo. Daí é só dividir em forminhas para colocar no forno. Eu usei as forminhas de cupcake, porque não tenho outra pequena, mas a do site Technicolor usa uma retangular, que fica parecendo uns mini pãezinhos chiques e talz… Sem contar toda a decoração que, né… Não tenho paciência. Talvez num futuro distante. Os bolinhos não cresceram muito porque a massa é levemente pesada, então eu enchi bem as forminhas. Depois de dividido, pincelar a massa com a manteiga derretida e colocar as rodelas de banana. Mas eu não sei, acho que da próxima vez vou primeiro colocar a banana e depois pincelar, porque a banana ficou um pouco seca. Talvez tenho sido porque eu não salpiquei com o açúcar específico diferente que não conheço, mas isso é só mais um detalhe da receita que eu omiti. De qualquer forma ficou bom! Anyway, os bolinhos ficaram no forno a temperatura de mais ou menos 200ºC por uns 25 minutos. Aí é só esfriar e comer!

Ta aí a foto:

Oh nom nom!

Então era isso. Talvez o próximo post venha com receita de novo! ^^

Deixe um comentário

Arquivado em Receitas

Cupcakes Estrelados

Eis meus primeiros cupcakes bem sucedidos! Isto é, que deram certo.

Fofo, né?

Massa básica, meio baunilha, meio chocolate com cobertura de chantily e confeitos de estrelinhas coloridas! Tudo “pras visita” que vieram aqui em casa hoje: Johan, Gisa e Germano! Apesar do Germano ter saído antes de eu fazer e não ter comido…

Aqui está a receita:

– 2 ovos

– 2 xícaras de açúcar

– 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo

– 2 colheres de sopa de manteiga (eu não vejo diferença em usar com ou sem sal…)

– 1 colher de  sobremesa de fermento para bolo

– 1 xícara de leite

– essência de baunilha

– chocolate em pó

Eu começo separando a gema da clara. Num pote, misturo as gemas, o açúcar e a manteiga levemente derretida no microondas, para ser mais fácil de misturar. Bato tudo até ficar um creme bem fofo e mais clarinho. Quanto mais claro melhor. Depois, começo a adicionar a farinha aos poucos e sempre acertando o ponto com leite. Eu sempre ponho o leite no olho. A massa precisa ficar um tanto quanto líquida e bem homegênea. No final, eu adiciono o fermento e misturo bem. Depois eu bato as claras em neve com uma pitada de sal. Misturo as claras batidas com o restante da massa, bem delicadamente. Aí separo a massa em dois: um para adicionar a essência de baunilha e outro para o chocolate em pó. Depois, distribuí nas forminhas, intercalando a massa clara e a massa escura. Eles ficam cerca de 10 minutos no forno pré-aquecido em fogo médio. Antes da cobertura eles ficaram assim:

Foto by Gisa

Como eu não queria gastar muito tempo na cobertura, eu comprei chantily em spray mesmo, assim cada um poderia botar o quanto quisesse. E as estrelinhas coloridas, para ficar bem divertido!

A próxima tentativa será o bolo na casquinha de sorvete! ^^

1 comentário

Arquivado em Receitas

Bolo Arco-Íris

Depois de muito tempo que vi nas internets, fiz meu bolo arco-íris! Não fiz ele cheio de frescura, com cobertura ou com recheio, mas ele ficou bem bonito e colorido (obviamente)!

Aí está:

Fiz uma receita básica de bolo, separei em 5 partes iguais e 1 parte com um pouco a mais que as outras. Distribui os corantes, sendo que na parte maior é a que vai a primeira cor a ser derramada na forma. Depois da primeira cor é só despejar uma por uma no centro da forma, por cima da cor anterior, seguindo a ordem do arco-íris. Até a massa crua na forma é bonito de se ver! Botei no forno e pronto, ficou lindão assim!

Usei os corantes Mago comprados na Big Festas. Como não tinha todos do líquido, comprei o azul e o verde do Soft Gel, que é uma embalagem branca, maior. Ele é beeeeeem concentrado, com 2 gotinhas já chegou na cor, enquanto que os outros menores eu tive que usar em torno de 15 gotas.

Bom, fiquei satisfeita com a primeira tentativa, a próxima será com uns frescurites a mais!

Deixe um comentário

Arquivado em Receitas

Pãozinho Caseiro

Eu tô tão feliz porque eu fiz pão e ficou bom! uahuahuahuahauha

Estava eu visitando o site Pecado da Gula e querendo fazer praticamente todas as receitas que eu via, quando me deparei com uma que me chamou a atenção: Bisnaguinha profissional. Eu como bisnaguinha todos os dias e me pareceu uma receita super fácil de fazer, então fui a luta e fiz! E deu certo! Na verdade, como eu não tenho batedeira, iria ficar um pouco difícil, pois sovei na mão, mas nada que fosse impossível. Então, segue a receita:

Ingredientes:

Levedo:

100g de farinha de trigo

11g de fermento para pão

110ml de água morna

 

Massa:

400g de farinha de trigo

100ml de leite morno

100g de açúcar

100g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

1 ovo grande

1 colher (chá) de sal

 

Para o levedo, misture todos os ingredientes até ficar uma massa grossinha e homogênea. Deixe ela tampada ou cubra com plástico filme e espere triplicar de tamanho. Isso demora +/- 30 minutos. Depois é só juntar os outros ingredientes, fora a farinha e bater na batedeira com o gancho de massa pesada, em velocidade baixa. Assim que estiver tudo homogêneo, vá acrescentando a farinha aos poucos e esperando incorporar. Como eu disse, eu não tenho batedeira, então fiz tudo na mão. Não foi difícil, mas na batedeira a massa deve ficar bem mais fofa que a minha, que já ficou beeeeeeem fofinha. A massa não fica durona, ela fica bem macia, elástica e bonita, boa de ficar amassando, hehehe

Numa forma untanda e enfarinhada, vá moldando os pãezinhos do formato e tamanho de seu agrado. Eu fiz de +/- 30g compridinhos, mas vi versões maiores e menores em bolotas. o formato não influencia muito, só tem que deixar espaço na forma, porque ele tem que triplicar de tamanho. Eu esperei +/- 1h30min e os meus só dobraram de tamanho, então eu taquei no forno pré-aquecido a 180°C. Eles ficaram 20 minutos, na metade do tempo eu virei a forma, porque a parte de trás do forno é sempre mais quente. Quando estavam começando a dourar, eu aumentei um pouco o fogo e ficou mais 5min. E pronto!

Eles quentinhos, fofinhos, cheirosos com uma manteiguinha, hummmmmm…. ficaram ótimos!

O bom é que essa massa é bem básica e agora que eu sei que consigo fazer, posso tentar outras vezes com alguns temperos, ou doce, ou recheado… Qualquer coisa!

Deixe um comentário

Arquivado em Receitas

Sobremesas de Natal

Amo Natal principalmente por causa da comilança! Ok, encontrar a família é legal, mas não é sempre que se pode comer a vontade sem ter culpa nenhuma na barriga e no bolso! Amo Chester, Peru, Presunto defumado e sobremesas natalinas! Esse ano, eu e o César ficamos encarregados de fazê-las. As escolhidas foram Torta Banoffie e Rocambole de Morango! Ambas tiradas do “Livro Essencial das Sobremesas”. O pior é que eu tirei foto do passo-a-passo, mas esqueci de tirar foto da sobremesa pronta!!! Mas como elas ficaram lindonas e praticamente iguais as do livro, eu vou postar uma fotinho da interwebs, só pra ter uma noção.

 

Ingredientes espalhados na mesa >.<

Vamos lá! Primeiro aos ingredientes do Rocambole de Morango:

100g de castanha de caju moída

5 ovos separados

185g de açúcar

1 colher de chá de essência de baunilha

1/2 colher de chá de fermento

1 colher de sopa de farinha de trigo

Para o recheio:

170ml de nata

200g de morango picado ou esmagado

1 colher de sopa de açúcar

1 colher de sopa de brandy

O primeiro passo é pré-aquecer o forno a 180°C. Depois pega as gemas e mistura com o açúcar, fazendo uma gemada bem fofinha e clarinha. Mistura a essência de baunilha nessa gemada. Pega as claras e bate em neve, bem durinho, que é isso que vai deixar a massa do rocambole bem fofinha. Depois mistura aos poucos com a gemada, juntando a farinha e o fermento. No final, junta as castanhas. Nessa parte, a massa vai estar pronta para ir para a forma! Então pegue uma forma retangular, de mais ou menos 30x25cm, unte com óleo, forre com papel manteiga ou vegetal (isso se encontra em rolos no supermercado, junto dos sacos plásticos e papel alumínio) até as paredes, para não grudar. Por cima do papel, salpique um pouco de açúcar. Daí é só despejar a massa nessa forma e levar ao forno por mais ou menos 15min. É bom ficar cuidando, para não queimar. Assim que estiver pronto, pegue um pano de prato seco e limpo, forre com papel vegetal e salpique mais açúcar. Desenforme a massa nesse papel e enrole ainda quente com a ajuda do pano. Isso ajuda a dar a forma ao rocambole, sem quebrar. Depois de uns 5min pode desenrolar.

Para o recheio, é só bater a nata até ficar consistente. Cuidado para ela não virar manteiga! Junte o morango, o açúcar e o brandy a nata e é só espalhar no rocambole. Deixe 1,5cm de folga no final do rocambole, porque quando se enrola, o recheio vai escorregando pra fora! Depois dele enrolado, é só colocar em eu prato bonito e decorar! Eu coloquei um pouco de açúcar de confeiteiro para dar um aspecto natalino ao rocambole. Também raspei um pouco de chocolate por cima e decorei com metades de morangos. Ficou lindo e delicioso!

Ficou bem parecida com essa, mas com a massa mais escurinha, por causa da castanha

Essa receita é bem simples e não dá muito trabalho. Eu me compliquei um pouco na parte de desenformar e desgrugar do papel vegetal. Não sei se botei pouco açúcar ou o que, mas quase quebrei todo ele! No final deu tudo certo e ele ficou lindo! A receita original do livro se chama “Torta de avelã com creme de framboesa”. Repararam que eu substitui muitos ingredientes, né? Sim, eu quis deixar o custo da torta mais acessível, mas um dia farei a original. Agora a Torta Banoffie:

Massa:

155g de farinha de trigo

2 colheres de sopa de açúcar

85g de manteiga sem sal

Recheio:

4 bananas fatiadas

375ml de nata

400g de doce de leite

50g de chocolate meio amargo derretido

Primeiro a massa. Peneirar a farinha e o açúcar em uma tigela. Junte a noz e a manteiga fria em pedaços e vá modelando com as mãos, como se fosse uma farofa. Aí acrescente algumas colheres de água gelada, até que a massa fique homogênea, mas bem firme. Faça uma bola, embrulhe com filme plástico e leve a geladeira por 15min. Depois desse tempo, pegue uma forma redonda, daquelas de fundo removível, e estenda a massa para ficar com uma bordinha de mais ou menos 3 dedos. Leve a geladeira de novo por mais 20min. Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180°C. Quando tirar da geladeira, forre a massa com papel vegetal e coloque um peso em cima dela. Isso é necessário, porque se ela for ao forno sem nada, o meio infla e fica quebradiço. Existem umas bolinhas de cerâmica nas lojas especializadas em culinária que são específicas para fazer o peso. Outra opção, é colocar uma outra forma um pouco menor por cima e colocar pela metade arroz cru. Depois de utilizado, ele ainda pode ser guardado e usado normalmente. Sempre faço essa receita com arroz, e sempre utilizei o arroz depois e não notei diferença nenhuma. Continuando, leve ao forno com o peso por 15min. Depois retire o peso e o papel vegetal e leve ao forno novamente por 10min, cuidando para não queimar. Retire do forno e deixe esfriando.

Fica assim!

Depois que a massa esfriar, forre com uma camada de fatias de banana. Por cima, coloque todo o doce de leite. Depois bate ligeiramente a nata, até ficar firme e coloque por cima do doce. Decore com mais algumas fatias de banana e o chocolate derretido. Leve a geladeira até ficar geladinha e pronto, é só comer!

Essa fica igualzinha! Retirada do site http://jade-in-the-kitchen.blogspot.com/

Essa receita também não é complicada, ele é só mais chatinha por ter que ficar esperando a massa descansar e ir ao forno. Mas de resto é super fácil, é só montar! Recomendo fazer essas receitas na véspera do evento, porque no outro dia elas ficam muito mais saborosas. Se você não tiver tempo de fazer um dia antes, faça pelo menos 4 horas antes do evento, para dar tempo de gelar.

E foram essas as sobremesas do último Natal! Ao longo do ano eu e o C. faremos outras receitas gostosas para engordarmos um pouco mais =P

Deixe um comentário

Arquivado em Receitas

Parfait e Cheesecake

Estou numa fase de sobremesas. Na verdade, desde que comecei a cozinhar, eu nunca saí desta fase, mas de vez em quando eu gosto de procurar e fazer alguns pratos salgados, mas ultimamente eu tenho tido preguiça dos salgados e muita vontade de fazer doces! Minha tentativa de cupcake não foi 100% sucedida, mas fiquei muito feliz com os resultados e acredito estar no caminho certo. Pois eis que tenho mais duas receitas para tentar: cheesecake e parfait.

A tentativa do cheesecake surgiu de uma conversa com o C. Ele estava chateado porque há algum tempo não fazemos nenhuma receita diferente, principalmente doces, que costumávamos fazer com frequência há uns 2~3 anos atrás. Então eu sugeri para ele pegar o seu Livro Essencial das Sobremesas, abrir em uma página qualquer e fazer uma das receitas que mais agradasse daquela página. E caiu direto no cheesecake, simples, sem sabor específico, apenas decorado com morangos. Perfeito para quem nunca fez um cheesecake daqueles típicos americanos. Eu já fiz cheesecake antes, mas daqueles com ricota e geléia de morango por cima. Ele fica diferente do tradicional, mas igualmente bom. Aliás, é uma das especialidades da minha mãe!

O objetivo é ficar assim, mas se chegar perto disso já está bom! ^^

Já o parfait é uma daquelas sobremesas que eu acho muito lindas, são de encher os olhos, mas eu nunca comi! Aliás, eu nem sabia que era tão fácil de fazer até ver uma receita de parfait. É basicamente formada por algumas camadas de frutas picadas, iogurte, granola, sempre intercalando uma e outra. Ou melhor, quem faz um cheesecake, faz um parfait de molezinha! Sem contar que fica tão lindo… E é perfeita para o verão, bem levinha e com várias frutas coloridas. Estou pensando em usar kiwi, morango, mirtilo, melancia (noisete)… Na verdade tenho várias idéias para vários parfaits diferentes, como ao invéz de usar iogurte, usar Chandelle. Deve ficar uma delícia!

Então, nos próximos dias, postarei o resultado dessas duas experiências. Espero que fique tão bom como nas fotos!

Deixe um comentário

Arquivado em Receitas