Arquivo da tag: mudança

A parte boa de uma mudança II

Continuando a história de mudança… chegou o sofá! O tão aguardado e esperado! O único problema é que ainda não terminamos de pintar… Claro que o sofá não vai atrapalhar na pintura, mas queríamos que a sala já estive pronta, assim chegaria o sofá e estaria tudo pronto para fazer uma inauguração da sala nova, ainda mais que compramos uma wok e também queremos inaugurar fazendo um jantarzinho gostoso!

Bom, aqui está o sofá:

O sofá novo em meio a bagunça da pintura!

Ele não parece, mas é um sofá cama. Apesar disso, é super confortável de sentar. Priorizamos o assento não tão comprido, afinal eu sou baixinha, então praticamente qualquer sofá fica ruim para eu sentar. Sem contar que queríamos que as pessoas sentassem em nosso sofá e não deitassem. Também procuramos por uma cor escura, mais fácil de não aparecer a sujeira.E acho que ficou legal no fundo vermelho.

Então está aí, gostaram?

Deixe um comentário

Arquivado em Dia a Dia

A parte boa de uma mudança

Existem muitos momentos bons e ruins em uma mudança. Devo dizer que vários são ruins, como por exemplo a adaptação para a nova casa. Mas também existem várias partes boas, e uma delas é as coisas novas que a gente vai adquirindo. Tudo na medida do possível, obviamente!
Antes do Carnaval eu encomendei dois móveis, uma cômoda para acomodar parte das minhas roupas (que não são poucas!) e uma escrivaninha para o computador e badulaques em geral, e eu já estava ficando ansiosa de tanto esperar. Pois quarta-feira os dois chegaram! Em vez de comprar pronto em uma loja, eu pedi para um marcineiro de confiança fazer. Passei todas as medidas para ele e ficaram exatamente como eu queria, e por menos metade do preço delojas de móveis planejados. Se eu fosse comprar pronto sairia mais ou menos o mesmo valor, mas a qualidade e durabilidade não seria tão boa. Outra vantagem, é que não precisei ficar marcando horários com entregador e montador, o marcineiro passou lá em casa e em menos de 20 minutos estava tudo pronto e montado. Sem contar que nas lojas de móveis planejados não tinha mais a cor de madeira que eu queria! E olha que eu escolhi Tabaco, para combinar com o restante dos móveis do C., não é uma madeira fora de moda.
Agora o que falta chegar é o sofá. Com isso, nós daremos uma paradinha nos gastos grandes por enquanto.

1 comentário

Arquivado em Dia a Dia

Mudança

Essa semana fiz uma mudança! Finalmente vim morar com o C. e agora estou curtindo a vida de “ajuntada”! LOL

Depois da viagem aproveitamos que ainda estamos de férias e já trouxemos algumas roupas e coisas básicas para cá. Ainda não é muita coisa, porque eu encomendei uns móveis e eles ainda não chegaram, então eu não tenho lugar para guardar tudo o que tenho. Principalmente os sapatos, não sei direito onde vou colocar eles, mas aos poucos nós vamos ajeitando tudo. Com isso, altas mudanças estão acontecendo aqui no apartamento. Compramos um sofá, que vai chegar no fim de mês e vamos pintar a sala. Depois de fazer algumas pesquisas e alguns testes nos simuladores de cor da Suvinil e Coral, na última quarta-feira fomos no Tumelero para comprar as cores escolhidas. Decidimos por pintar duas paredes de vermelho e as outras duas e o teto de uma cor neutra, meio areia, meio creme, meio branco, meio apagado mesmo, hehehe

Cores escolhidas

Ainda não conseguimos começar a pintura! Preparamos a parede, limpamos, aplicamos massa corrida nos buraquinhos, lixamos… e começou a chover! Então estamos esperando o tempo ficar mais seco para começarmos. Enquanto isso, nós arrumamos o ambiente para começar a presepada! Nós já temos uma certa experiência, pois pintamos o quarto do C. a uns 4 anos atrás, então nós já sabemos alguns truques. Espero que dê tudo certo!

Amanhã nós vamos fazer rafting em Três Coroas, com o Johan, a Gisa e o Suíno. Acabar as férias com muita aventura uahuahuahua

1 comentário

Arquivado em Dia a Dia

22

Ouvi a música da Lily Allen, 22, agora a pouco. Para você que não sabe inglês ou que não prestou atenção na letra, ela fala sobre uma mulher que aos 22 tinha tudo para dar certo na vida e aos quase 30 é considerada perdedora pela sociedade.

Meu, essa música me fez pensar. Eu já tenho 25 e o que eu fiz da minha vida até hoje? Praticamente nada. Sou formada em Hotelaria há dois anos e meio e não trabalho na área. Meu emprego é bom afinal não é nada difícil, minha chefe é super amiga, fica perto de casa, tem um horário ótimo, mas não paga muito. Moro na casa dos meus pais, o que é muito cômodo, pois todo o meu salário vai para mim mesma, alimentando ainda mais o meu lado consumista. Namoro fixo há quase sete anos, mas como o C. está praticamente na mesma situação que eu, nossa relação não evolui por falta de dinheiro.

O que me parece é que o amanhã reserva muitas coisas para mim. Muitas oportunidades surgirão e muito vai mudar, mas isso nunca acontece. O amanhã nunca vem. Isso tudo está acontecendo por falta de vontade minha de mudar. E por mais que eu tente olhar só para mim mesma, eu não consigo deixar de ver que várias pessoas na minha volta também estão na mesma situação. Fico triste em pensar que meus pais com a minha idade já tinham suas vidas feitas, determinadas. Ao mesmo tempo também penso que na época dos meus bisavós, por exemplo, eles tinham que correr com a vida deles porque a expectativa de vida era bem menor, então aos 30 anos eles estavam no meio da vida deles. Hoje em dia, eu penso que o meio da vida, para muitos, é os 50 anos e, por isso, nós podemos aproveitar mais e prolongar certas fases da vida.

Ainda não sei qual é a conclusão de todos esses pensamentos e não sei se é melhor pensar mais a fundo sobre isso ou esquecer por enquanto e deixar a vida fluir mais naturalmente. Vocês já tiveram pensamentod parecidos?

3 Comentários

Arquivado em Pensamentos