Arquivo do mês: outubro 2012

Viagem ao Japão

Em agosto, consegui realizar uma das viagens sonho da minha vida: Japão!

Fomos em um grupo de 5 pessoas. Fizemos tudo por nós mesmos, pesquisamos as passagens, os hotéis, os lugares e não contratamos nenhuma agência de viagem, principalmente porque seria mais caro.

Começando pelo começo, a decisão da data da viagem. Quando começamos a planejar, em outubro de 2011, a ideia inicial era irmos em abril ou maio, que seria o final do inverno e começo da primavera. Acabou que em fevereiro deste ano nós realmente começamos a reservar hotéis e ver todos os trâmites legais de visto e passagem e vimos que para abril seria impossível e para maio seria muito corrido. Remarcamos para Julho.  No final, o tempo foi passando e confirmamos realmente para Agosto! O bom de tudo isso é que tivemos mais tempo para juntar dinheiro e gastar tudo lá XD

A companhia aérea que escolhemos foi a Emirates. Os motivos foram vários, mas o principal foi a facilidade. Existem várias rotas para o Japão, mas pelos Estados Unidos ou pela França precisa ter visto de trânsito, mesmo que tu nem vá sair da área de embarque do aeroporto, e esse visto tem um custo. Pelo Canadá e Inglaterra não precisa desse visto, apenas o passaporte com o visto do país de destino final, mas as passagens estavam bem caras na época. No final, ir por Dubai se mostrou bem mais vantajoso, que funciona como o Canadá.

Ao mesmo tempo que víamos a compra das passagens, fomos reservando os hotéis. Fizemos tudo pelo site Booking.com, e a princípio eu achei que poderia ser roubada, mas não foi. Tudo muito seguro, nossas reservas estavam todas feitas com os nossos nomes, do jeito que pedimos. Sem contar que nenhum hotel cobrou uma taxa pela reserva, o que normalmente costuma acontecer. Inclusive, no meio da viagem nós cancelamos alguns hotéis e reservamos outros, devido a algumas mudanças nos nossos planos. E mesmo assim, foi super tranquilo e seguro.

Também compramos o Japan Rail Pass, que é um bilhete de trem/metrô que te possibilita andar quantas vezes quiser em uma empresa de trem específica, para qualquer lugar, em um determinado período de tempo. As opções são 7, 14 ou 21 dias. O JR Pass só existe para estrangeiros, e vale muito a pena, principalmente porque com ele dá para pegar Shinkansen (trem bala) e ele é bem carinho se for comprar o bilhete individual. Para o nosso caso, nós pegamos 14 dias e ele já se pagou no primeiro dia que usamos.

Por último, conseguimos o visto. Acho que foi o que a gente mais se preocupou, mas que no final foi tudo tranquilo. Eles pedem um monte de documentos, reservas de todos os hotéis com endereços e telefones, comprovantes de renda, residência, tudo tudo. No final, o mais importante que eles querem saber é se tu tem uma casa, um emprego fixo e renda para bancar a viagem. Eles não querem um brasileiro ilegal trabalhando lá. Como nós tínhamos todos os documentos, foi tudo tranquilo.

De planejamento foi basicamente isso. A viagem demorou a acontecer porque tínhamos que fazer o passaporte, juntar a documentação do visto e fazer as reuniões para decidir quais cidades ir e em quais hotéis ficar. Juntar os 5 para decidir tudo isso foi o mais difícil! XD

Próximos posts com mais detalhes da viagem!

Deixe um comentário

Arquivado em Viagens